Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Nossa Terra de Node  |  Pr. Olavo Feijó

Gênesis 4:16 - ¶ E saiu Caim de diante da face do SENHOR, e habitou na terra de Node, do lado oriental do Éden.

Após ter assassinado seu irmão Abel, desrespeitado ao Senhor e mentindo descaradamente, diz Gênesis que “Caim afastou-se da presença do Senhor e foi viver na terra de Node, a leste do Éden” (Gênesis 4:16).

Na língua hebraica, Node significa “fugitivo”, “peregrinação”. Para onde quer que Caim fosse, após afastar-se “da presença do Senhor”, seria terra de Node, de alguém procurando esconder-se da presença acusadora do Senhor.

Cometer premeditadamente um crime já é em si uma conduta grave. Enfrentar a disciplina proposta pelo Senhor e dizer, com toda arrogância, que ele podia situar-se acima da lei e da ética, tal conduta foi gravíssima.

Fugir do Senhor não é a solução para nenhum deslize. Enfrentar o Senhor não torna ninguém mais forte ou mais justo. O caminho saudável, que Caim recusou, é o do reconhecimento do pecado, é o do arrependimento, é o de submeter-se ao perdão dado pelo Senhor. “Todos pecaram”, diz a Bíblia. Mas a Bíblia também diz que, em Cristo, “o amor cobre uma multidão de pecados”. De nossos pecados, como cristãos. De nossos desvios do “caminho estreito”. De nossas fugas da presença do Senhor. É bom nunca esquecer que Ele é “fiel e justo para nos perdoar todo pecado”.