Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Condenação dos Maus Pastores  |  Pr. Olavo Feijó

Jeremias 23:1 - ¶ Ai dos pastores que destroem e dispersam as ovelhas do meu pasto, diz o SENHOR.

O Senhor, várias vezes, condenou as más ovelhas do Seu rebanho. Por outro lado, houve ocasiões em que Ele também condenou os mus pastores: “Ai dos pastores que destroem e dispersam as ovelhas do meu pasto, diz o Senhor” (Jeremias 23:1).

O problema dos maus pastores do Reino de Deus é um assunto enfrentado tanto pelos profetas, quanto pelos apóstolos. De acordo com Jeremias, os maus pastores cometem duas maldades, por causa do seu comportamento e por sua pregação. Primeiro, eles “destroem” as ovelhas, demolindo suas convicções, escandalizando sua boa fé, extorquindo o seu dinheiro. Como conseqüência, eles cometem a segunda maldade: “dispersam as ovelhas”, levando-as a desacreditar as igrejas e a não mais freqüentar a comunidade cristã.

Precisamos, hoje, de mais “bereanos”. Precisamos de mais membros de igreja que, após ouvirem seus pregadores, vão à Bíblia, para conferir sua veracidade. Não compram gato por lebre... Estes crentes serão elogiados por Jesus, como na carta à Igreja em Éfeso: “sei que você... pôs à prova os que dizem ser apóstolos mas não são e descobriu que eles eram impostores” (Apocalipse 2:2). A condenação dos maus pastores vem de Jeremias e é reforçada por Jesus.