Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Tempo De Derrubar E Tempo De Construir  |  Pr. Olavo Feijó

Eclesiastes 3:3 - Tempo de matar, e tempo de curar; tempo de derrubar, e tempo de edificar;

Salomão, com toda a sua sabedoria, ensinou que as coisas e relacionamentos seguem um tempo próprio, para acontecer. Como parte de uma longa lista de cronometria apropriada, diz o Sábio que há “... tempo de derrubar e tempo de construir.” (Eclesiastes 3:3).

Um dos problemas mais complicados e exigentes, em nossa vida, é aquele da ordem consequente e natural, que descobrimos em todos os processos. Grande parte de nossas dificuldades provém ou de apressarmos as coisas, ou de tentar retardá-las. Quando as situações concordam com nosso gosto pessoal, tentamos congelá-las, mantendo-as do jeito que nos agrada. Caso contrário, tentamos apressá-las ou abordá-las. Raramente nos vem à cabeça a ideia de conhecer o ritmo próprio de cada processo. E, em conhecendo-o, respeitar seu antes e depois, sem forçar nada.

A Bíblia diz que existem coisas naturalmente provisórias. Elas foram construídas para, oportunamente, serem derrubadas. É o caso dos andaimes. É o caso de tudo aquilo que possui natureza preliminar. Ninguém compra um livro apenas para ler seu “prefácio”. Prefácios devem ser abandonados, para dar lugar ao corpo real do assunto desenvolvido pelo autor do livro. Escrevendo aos gálatas, o apóstolo Paulo lamenta que, espiritualmente, eles teimaram em permanecer na sua infância. Figurativamente falando, se não abandonarmos nossos processos infantis, nunca chegaremos a construir nossas estruturas de adultos. A providência divina nos aponta para “o alvo, pelo prêmio da vocação de Deus, em Cristo Jesus”. Depois que cresci, disse Paulo, abandonei minhas “coisas de menino”. A vida cristã é exatamente isso: é preciso deixar o Espírito derrubar nossa estrutura carnal, para que Ele construa nosso edifício espiritual.