Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
O Senhor respeita nossa aflição  |  Pr. Olavo Feijó

Salmos 22:24 - Porque não desprezou nem abominou a aflição do aflito, nem escondeu dele o seu rosto; antes, quando ele clamou, o ouviu.

Aflição é mais do que um simples mal estar. Ela é o sentimento mais próximo do desespero. Nas várias aflições por que passou, Davi experimentou uma profunda verdade sobre aflição e providência: “Pois não menosprezou nem repudiou o sofrimento do aflito. Não escondeu dele o Seu rosto, mas ouviu o seu grito por socorro” (Salmo 22:24).

Cristãos sinceros também passam por aflição. Isso porque, segundo o alerta de Jesus, no mundo enfrentamos tribulações. Porque temos diferentes tipos de personalidade, de experiências de vida e de valores, apelamos para vários tipos e reação, no meio dos nossos sofrimentos. Ora, o Senhor ouve nossos gritos por socorro. Entretanto, nossa constatação de que o Senhor está ajudando nem sempre é clara e completa. Nestas circunstâncias, o medo de estarmos abandonados a nós mesmos sempre nos causa aflição.

No meio de nossas avalanches de sentimentos negativos, ouvir o testemunho bíblico daqueles que tiveram ajuda de Deus, tem o poder de nos arrebatar da nossa postura aflitiva. Não deve ser esquecido, porém, que a experiência dos outros não podem substituir nossa própria experiência. Por isso, no meio das aflições que nos desesperam, é essencial ter a ousadia de por em prática as soluções de Deus, que ajudaram os outros. Elas são também para nós. No dia de hoje!