Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Regozijo no Senhor  |  Pr. Olavo Feijó

Filipenses 4:4 - Regozijai-vos sempre no Senhor; outra vez digo, regozijai-vos.

Dentre os conselhos finais, escritos na sua Carta aos Filipenses, Paulo recomenda: “Regozijai-vos sempre no Senhor: outra vez vos digo, regozijai-vos” (Filipenses 4:4).

Alegria é o sentimento de bem-estar emocional, fruto de experiências causadoras de suporte pessoal e crescimento. Por isso, diferentes pessoas sentem alegria por razões diferentes. Na nossa maturidade, sentimos alegria por razões mais profundas do que aquelas que nos motivaram na infância ou na adolescência. Regozijo, por outro lado, é um estado de espírito que contém alegria, mas que brota de atitudes mais complexas, intimamente relacionadas com valores mais sofisticados. Regozijo é alegria muito intensa, por razões bem profundas.

Quando Paulo escreveu a Carta aos Filipenses estava na prisão, com possibilidade de ser condenado à morte. As circunstâncias não facilitavam a alegria – quanto mais regozijo. Paulo, entretanto, deixou bem claro: se é “no Senhor”, não haverá furo. Cristo, nosso Senhor, concede-nos embasamento seguro e constante para regozijo. Cristo, nosso Senhor, ao produzir em nós regozijo, suplanta todas as possíveis prisões com que o mundo nos ataca. Razões superficiais podem nos causar alegria. Razões profundas, sustentadas pela comunhão com Cristo, produzem regozijo.