Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Guardador do Meu Irmão  |  Pr. Olavo Feijó

Gênesis 4:9 - ¶ E disse o SENHOR a Caim: Onde está Abel, teu irmão? E ele disse: Não sei; sou eu guardador do meu irmão?

Caim, cheio de inveja, matou o próprio irmão, Abel, e continuou a vida como se nada de mais tivesse acontecido. Quando o Senhor lhe pediu contas, ele retrucou, com muito cinismo: “Sou eu, porventura, guardador do meu irmão?” (Gênesis 4:9).

Quando uma família se transforma em vários egocêntricos vivendo juntos, o inferno se instala. Instala-se o inferno de ciúmes, da inveja, do ódio, da agressão, do fratricídio. Pior do que matar o corpo é aleijar a alma. É destruir a auto-estima. É ridicularizar o auto-respeito. É estimular a depressão. É contribuir para a auto-destruição. Pior do que inferno são famílias formadas de inimigos.

Ao dizer que devemos “levar as cargas uns dos outros”, o Senhor afirma que somos guardadores dos nossos familiares. Ao recomendar que, na “hora, devemos dar preferência aos outros, a Bíblia determina o ambiente de cooperação e responsabilidade que deve prevalecer em nossa família. E na família da igreja.

A pergunta de Jeová deve permanecer em nossa consciência insistentemente. O guardador preocupa-se com o bem-estar do guardado. Providencia-lhe o necessário. E, o que é mais importante, o guardador cristão intercede pelo irmão, como se estivesse orando por si mesmo. “onde está teu irmão?” é importante não fugir desta pergunta.