Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Deus Não Abandona Seus Fiéis  |  Pr. Olavo Feijó

Salmos 37:25 - Fui moço, e agora sou velho; mas nunca vi desamparado o justo, nem a sua semente a mendigar o pão.

Nosso mal estar, quando vemos o desonesto e o corrupto “nadar” em dinheiro é um fenômeno que os crentes já sentiam, no tempo de Davi. Corajosamente, porém, o Rei Poeta proclamou: “Fui moço e agora sou velho, mas nunca vi um homem bom abandonado por Deus e nunca vi os seus filhos mendigando comida.” (Salmo 37:25).

Não há muitos crentes milionários, ou ricos. Por outro lado, “pobre” cristão nunca acusa Deus de omisso. A opinião geral é a de que, para o crente, nunca falta o essencial. Talvez seja a isto que o salmista se refira, quando diz que “o homem bom nunca é abandonado”. (v.25).

Digamos que aceitamos como real e histórica a observação “nunca vi um homem bom abandonado”. Como explicar crentes que perdem o emprego sem justa causa e passam a viver com dívidas acumuladas? Ou Deus sabe... e não liga. Ou Deus sabe... e sempre prepara um final melhor, mesmo que pareça muito tarde. Davi escolheu esta última posição, declarando: “se (os justos) caírem, não ficarão caídos porque o Senhor os ajudará a se levantarem” (v. 14). Deus não nos abandona.