Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Sua Voz, Nosso Coração  |  Pr. Olavo Feijó

Hebreus 4:7 - Determina outra vez um certo dia, Hoje, dizendo por Davi, muito tempo depois, como está dito: Hoje, se ouvirdes a sua voz, Não endureçais os vossos corações.

Após relembrar o histórico de “dureza” de coração do povo israelita, o autor da Carta Aos Hebreus recomenda: “Hoje, se ouvirdes a Sua voz, não endureçais os vossos corações.” (Hebreus 4:7).

A Bíblia é o registro das constantes iniciativas do Senhor, no Seu processo de ensinar aos seres humanos como viver em comunhão com Ele. E a razão é simples. Logo no princípio, Gênesis relata o projeto divino de criar as pessoas “à Sua imagem e semelhança”. O significado daquela declaração é simples: a melhor maneira de uma criação funcionar bem é segui9r as i9nstruções do seu criador. Só que o Senhor não quis criar bonecos do tipo marionete. Por ser “à Sua semelhança”, os humanos devem obedecer ao Criador de maneira voluntária e, até, alegre. Não “endurecer o coração” seria equivalente a “obedecer com sensibilidade, com prontidão e com alegria”.

Por que é tão difícil não endurecer o coração? Uma das dificuldades é a de distinguir a voz divina, quando vivemos na barulheira de um mundo com mil atrativos e mensagens. A coisa fica mais séria, porém, na medida em que vamos deixando para mais tarde nossa resposta positiva aos apelos da voz do Senhor. Quanto mais adiamos, menor vai ficando nossa sensibilidade às instruções recebidas. Diminui9r a sensibilidade espiritual é o mesmo que endurecer o coração. Daí o início do ensino: “hoje”. Responder na data de hoje é eliminar as desculpas do tipo “quando sobrar algum tempo”, ou “quando as coisas ficarem mais tranquilas”. Ser sensível à vontade do Senhor é evitar respostas atrasadas. “Hoje, quando ouvirdes, respondei afirmativamente.”