Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Ele Não Nos Esquece  |  Pr. Olavo Feijó

Isaías 44:21 - ¶ Lembra-te destas coisas, ó Jacó, e Israel, porquanto és meu servo; eu te formei, meu servo és, ó Israel, não me esquecerei de ti.

O texto de Isaías é escrito no final de uma condenação da idolatria do povo de Israel. Após lamentar a triste ignorância espiritual do Seu povo, o Senhor promete recuperação – não por causa dos méritos do povo, evidentemente, mas por causa da fidelidade das Suas promessas. “Eu o fiz, você é Meu servo. Ó Israel, Eu não o esquecerei.” (Isaías 44:21).

É muito significativo o fato de que quase todo cristão honestamente desejoso de obedecer a Cristo ter sentido, pelo menos uma vez na vida, um certo distanciamento de Deus. Há ocasiões em que nada parece dar certo. Há circunstâncias tão tristes que nos levam a achar que o Senhor nos esqueceu. Parece que nossas orações nunca foram ouvidas...

Certamente por causa de nossas tristes experiências que o Senhor, através do livro de Isaías, insiste em nos dizer: “Eu não o esquecerei!”. O Senhor não diria isto, se não conhecesse nosso coração, se não convivesse com nossos sentimentos, se não levasse a sério nossas fragilidades. Só que a maneira de o Senhor estar presente, diz a Bíblia, não bate com nossos conceitos de ajuda e de vitória. Quase sempre, só nos damos conta da presença ajudadora do Senhor algum tempo depois das ajudas que Ele nos proporcionou. Como sempre, a coisa se resume ao tipo de fé que cultivamos. E ao tipo de amor. É compensador cultivar a santa teimosia de nos agarrarmos às promessas do Senhor, no meio da tribulação... “Eu não o esquecerei”.